POMMERCINE

 
Mostra de Filmes Pomeranos
Cine Metrópolis – Ufes
29 de junho 2018
Das 08.30 às 18.30 h
 
Kamt juuch ale taum fijren!
(Venham todos e vamos festejar!)
 
O Cine Metrópolis recebe na sexta feira da próxima semana um evento construído com o objetivo de celebrar os 159 de imigração pomerana no Espirito Santo.
Exibição de filmes, rodas de conversa, apresentações culturais e até um café da manhã tradicional vão ser oferecidos gratuitamente a partir das 08.30 da manhã no Cine Metrópolis.
Serão exibidos 8 filmes do ES e outros estados brasileiros, que totalizam aproximadamente 5 horas e 40 minutos, divididos em 3 sessões. Um dos destaques é o filme OS POMERANOS, produzido pela TV GAZETA na década de 1970, dirigido por Vladimir Godoy.
O restante da programação é preenchido por rodas de conversas, debates, lançamento de livro, cortejo com grupos de música e dança pomerana, além de um café da manhã tradicional.
Segundo o idealizador do projeto, o professor universitário pomerano, Erineu Foerste, “o POMMERCINE é uma das alternativas do Povo Tradicional Pomerano de celebrar suas memórias e histórias de lutas, que remetem à antiga Pomerânia e também à chegada ao Brasil, a nova pátria.”
Para um dos organizadores do evento, Ricardo Sá, o evento “ é uma oportunidade para que a população de Vitória se aproxime da cultura pomerana”, que é bastante expressiva em municípios capixabas como Vila Pavão, Laranja da Terra, Afonso Cláudio, Itarana, Itaguaçu, Santa Maria do Jetibá, Domingos Martins, Vila Valério, Pancas entre outros. Nestes municípios residem cerca de 150 mil pomeranos e pomeranas, que compõem uma importante comunidade tradicional no ES, que preserva hábitos milenares. O povo pomerano se comunica em sua língua mãe: o Pommerisch, que é praticado nas casas, nos agrupamentos, nas escolas, nas igrejas... O professor Erineu Foerste destaca que “a Língua Pomerana é o maior patrimônio cultural dos pomeranos nos dias atuais, uma língua que praticamente desapareceu na Europa e que é muito viva no Brasil” O POMMERCINE traz o cinema como carro-chefe, abrindo caminho para debates e conversas sobre o conhecimento e a luta da população e de intelectuais pomeranos(as) pelo reconhecimento no campo político, educacional, agrícola e cultural.
Segundo Jorge Küster Jacob “esta mostra de filmes fortalece as lutas do Povo Pomerano por direitos sociais coletivos, para melhorar as condições de vida desta parcela da população que tanto contribui para construir um Brasil mais digno para todos”.
O primeiro filme da programação aponta justamente para este debate, FALA POMERANO FALA, que faz sua estreia no POMMERCINE. O diretor da obra, o professor da UNB, José Wálter Nunes, estará presente no evento e provocará algumas reflexões logo após a exibição do seu filme.
Várias são as presenças especiais do POMMERCINE. Do estudioso de cultura pomerana no Brasil, José Heinemann – que vem do Rio Grande do Sul especialmente para exibir seu filme DA POMERÂNIA A IBIRUBÁ e lançar o livro O POVO POMERANO NO BRASIL, passando por Ismael Tressmann (coordenador do Programa de Educação Escolar Pomerana - PROEPO, recém chegado da Alemanha, onde desenvolveu pesquisa sobre cultura e língua pomerana na Universidade de Frankfurt Oder,) ao mais conhecido dos cineastas pomeranos no ES, Martin Boldt, que além de exibir seu filme MORA KLOPA, trará seu grupo folclórico FRITZDANZ para fazer um cortejo comemorativo aos 159 anos de imigração pomerana no ES.
Outra parte importante da programação é a roda de conversa com guardiões e guardiãs de memórias e culturas do povo tradicional pomerano, com a presença de pessoas como Marineuza Plaster Waiandt (da Casa de Memória Pomerana “Waiandt´s Huus), Jorge Kuster Jacob (Associação Pomerana de Vila Pavão), Selene Tesh( Associação de Agricultores(as) de produção orgânica familiar de Santa Maria de Jetibá) e Hilda Braun (Associação de Culturas Germânicas no ES).
Outra presença ilustre é do Grupo de Metais de Santa Maria de Jetibá, que se apresentará também durante a abertura do evento.
Para aqueles(as) que quiserem conhecer ainda mais sobre a cultura pomerana, será montada uma mesa para consulta de publicações sobre o tema.
E pra mostrar que o povo pomerano sabe receber seus convidados, um delicioso café da manhã com o melhor da culinária pomerana, com seus brots recheados e outras delícias mais.
 
Kamt juuch ale taum fijren! (Venham todos e vamos festejar!)
 
A organização do evento é do projeto Escola da Terra Capixaba, ligado ao Departamento de Linguagens, Culturas e Educação do Centro de Educação da UFES, em parceria com o Cine Metrópolis e a produtora Interferências Filmes e Projetos.
Conta ainda com o apoio da APOVIP (Associação Pomerana de Vila Pavão), NEAB(Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros), o INSTITUTO DO POVO TRADICIONAL POMERANO NO BRASIL, ASSOCIACAO DE CULTURAS GERMANICAS NO ES, a ASSOCIACAO POMERANA DE PANCAS, o CONSELHO NACIONAL DE POVOS E COMUNIDADES TRADICIONAIS e a SECRETARIA DE
CULTURA DA UFES.
A Promoção do evento é da TV GAZETA.
 
Todas as atividades são gratuitas.
 
Contato com a organização do evento
Erineu Foerste – Coordenação - 27 99901 8604 e e-mail: erineufoerste [at] yahoo.com.br
Ricardo Sá – Produção - 9.99980859 e ricalles [at] gmail.com
Anexo(s): 
Tags: 
Transparência Pública
Acesso à informação

© 2013 Universidade Federal do Espírito Santo. Todos os direitos reservados.
Av. Fernando Ferrari, 514 - Goiabeiras, Vitória - ES | CEP 29075-910